Pequena, mas bela

Só porque Curitiba ficou pequena não quer dizer que ela perdeu o encanto.

Continua linda! Com suas linhas e contrastes. Com suas feirinhas de inverno cheias de pinhão,  quentão e cachecóis.

Hoje andei pelo centro da cidade olhando tudo com outros olhos. Uma turista em sua própria terra.

Sabe do que eu mais sentia falta quando morava em Goiás?

Das Araucárias. Lindas, fortes, grandes e imponentes. Adoro saber que são esses pinheiros a simbologia do meu lar.

Deve haver uma versão curitibana da Canção do Exílio em algum lugar.

Algo como: “Minha terra tem Araucárias onde canta a Gralha Azul.”

O incrível é que mesmo amando Curitiba, estou louca pra voltar a São Paulo.

Anúncios


Comente aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s