Tic-tac

Ainda pequena aprendeu que não podia confiar nele.
Ô cara chato. Nunca ajudava. Quando precisava de um pouco mais, ele era menos.
Já brincou bastante, hora de ir para casa, hora de tomar banho, hora de dormir… Por que raios ele passava tão rápido?
E muito pior era quando precisava que as coisas acelerassem. Ele atrasava tudo. Amanhã você vai, depois eu abro, semana que vem você brinca…
Cansava de esperar…
O mais cruel era o famoso “quando você crescer”.
Caramba, se amanhã demorava tanto para chegar imagina “quando você crescer”?
Já nem esperava, porque tinha certeza que não chegaria nunca!

Chegou. E como chegou rápido. Agora que ela não precisava mais de pressa.
Quando curou-se da primeira dor de amor, descobriu que ele era mesmo essencial…
Mesmo assim ainda não sabia como lidar com ele… Ele era teimoso.
Passava horas imaginando como ele seria se tivesse forma ou se fosse humano.
Seria uma criança? Ou um ancião?
Ficava imaginando como ele corria os ponteiros do relógio da vida só para brincar com ela. E como ele segurava com força os mesmos ponteiros quando ela queria que eles voassem! Devia gargalhar maldosamente quando ela checava as horas a cada dois minutos.

Até que um dia, muitos anos depois, ela conseguiu vê-lo.
Ele estava no espelho. E ela podia tocá-lo também.
Ele estava em seu rosto. Ao redor dos olhos, em finas linhas que ficavam mais evidentes quando ela sorria.
Foi então que ela percebeu. Ele poderia ter tanto a forma de uma criança, quando a forma das rugas que começavam a aparecer.
Tudo dependia da forma com que ela o encarava no espelho.
Talvez nunca iria saber ao certo como lidar com ele.
Por via das dúvidas, melhor comprar um bom creme antirrugas.

Anúncios


Comente aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s